O meu refúgio das palavras

Abril 08 2009

Sinto-me assim triste e sozinha, sem ninguém que me compreenda, sem ninguém com quem partilhar as minhas coisas.

Quero fazer-me de forte, quero que os outros pensem que não preciso de ninguém, mas na realidade preciso amar e ser amada.

Não quero que os outros pensem que sou frágil, quero que pensem que sou forte e independente mas na realidade não sei quem sou.

A solidão cada vez me consome a cada semana, dia, hora, minutos e segundos da minha vida.

As vezes penso que ando maluca por pensar desta forma e todas as vezes que isso acontece chego a conclusão que não ando maluca mas que é a realidade da minha vida.

Tenho saudades de não sentir isto tudo, tenho saudade de ser criança e de querer brincar e não estar no mundo dos adultos.

Tenho saudades de ser FELIZ

publicado por Sandra às 17:53

SINTO-ME NA MESMA......

NÃO PERCEBO O PORQUE DAS COISAS E SINTO-ME CONSTANTEMENTE SÓ.

ADORO OBSERVAR O MAR, É DAS POUCAS COISAS QUE ME RELAXA.

CUMPRIMENTOS, DANIEL
Daniel Pereira a 1 de Março de 2013 às 22:00

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



"Se algum dia sentires a minha falta, olhe para o horizonte e toda vida que uma brisa leve tocar seu rosto, lembre-se: sou eu que te beijo em silêncio"
mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO